As 10 bombas mais poderosas do mundo

A explosão da bomba TSAR

A bomba nuclear provavelmente tenha sido a criação mais horrível da humanidade. Ela foi desenvolvida com o objetivo único de dizimar outros seres humanos. Até mesmo Albert Einstein, um dos maiores gênios da humanidade e que participou do projeto que criou as bombas atômicas que devastaram o Japão, se arrependeu amargamente de ter contribuído para a criação desses “monstros”.

“Eu cometi o maior erro da minha vida quando assinei a carta ao Presidente Roosevelt recomendado que fossem construídas bombas atômicas”. Desde então, diversas nações já se envolveram na criação de aparatos similares. Hoje, mais de 20 países apresentam potência nuclear. Muitos a utilizam apenas para a geração de energia. Outros, porém, já começam a investir na criação de armas de destruição em massa.

Dentro desse contexto, viemos trazer uma lista interessante. Trata-se de um ranking com as 10 bombas mais poderosas do mundo. É uma seleção capaz de colocar medo em qualquer um que tenha pavor de vivenciar uma guerra em escala global. Um medo constante de quem viveu durante o período de Guerra Fria. Afinal, como diz o mesmo Einstein: “Não sei como será a Terceira Guerra Mundial, mas sei que a quarta será lutada com paus e pedras”. Qual dessas bombas será a responsável pelo fim da humanidade?

Bombas mais poderosas em megatons

Antes de partimos para a lista, precisamos entender o que significa megaton. Esse é o método de medida dessas poderosas bombas. Funciona assim: 1 megaton é equivalente a 1 milhão de toneladas de dinamite (TNT). Para você ter uma noção, o vídeo abaixo mostra a detonação de 1 kg de dinamite.

Agora imagine uma explosão 1 bilhão de vezes mais potente do que essa. Sim, esse é o poder de 1 megaton. E, como você vai ser a seguir, algumas das bombas abaixo possuem vários megatons.

10. Ivy King

A explosão da bomba Ivy King - as bombas mais poderosas

A bomba Ivy King é a bomba de fissão mais poderosa já criada pelos Estados Unidos. Ela foi desenvolvida durante o comando do Presidente Truman como parte da Operação Ivy. Essa operação tinha como objetivo testar várias bombas em resposta aos avanços soviéticos nesse campo.

A bomba Ivy King possuía 60 kg de urânio altamente enriquecido. Ela é 38 vezes mais potente do que aquela que explodiu em Hiroshima, durante a Segunda Guerra Mundial. Essa arma de destruição em massa foi testada em 1952, na Ilha Runit. Mesmo depois de 60 anos, a cratera criada pela explosão ainda é bastante visível. Em 1958, os Estados Unidos construiu uma armadura de concreto sobre o buraco para impedir que a radiação se espalhasse.

  • Nome: Ivy King
  • País: Estados Unidos
  • Potência: 0,5 megaton

9. B83

A compacta bomba B83 - as bombas mais poderosas

A 9ª bomba mais poderosa já criada pela humanidade possui 75 vezes mais potência do que aquela que explodiu durante a Segunda Guerra. Agora você entende porque os exemplares que atingiram Hiroshima e Nagasaki nem vão aparecer na lista. Por causa de seu tamanho compacto e peso relativamente baixo (1 tonelada), a B83 é uma das únicas que pode ser levada em caças supersônicos.

Essa bomba é bastante famosa por ter aparecido em alguns filmes. Uma das aparições mais memoráveis foi em “Aliens vs. Predator: Requiem” (ou “Aliens vs Predador 2” aqui no Brasil). Confira a cena logo abaixo. A B83 já é uma bomba que uso a fusão nuclear para ser desenvolvida. Esse processo criar armas muito mais poderosas do que aquelas que utilizam a fissão nuclear.

  • Nome: B83
  • País: Estados Unidos
  • Potência: 1,2 megaton

8. Mark 39

A bomba Mark 39 quase explodiu em uma cidade - as bombas mais poderosas

A Mark 39 é um exemplar de bomba termonuclear de hidrogênio. Ou seja, ela também utiliza o processo de fusão nuclear. Ela é 237 vezes mais potente do que a bomba de Hiroshima e ficou bastante conhecida por conta de um acidente aéreo envolvendo um avião que transporta dois exemplares dessa arma de destruição.

O avião B52 teve problemas durante o voo e explodiu a cerca de 1 km de altura. As duas bombas caíram no solo, mas felizmente nenhuma delas detonou. Caso tivessem explodido, a história com certeza teria sido outra. Com 3,8 megatons, a Mark 39 teria sido capaz de dizimar as populações de Goldsboro, na Califórnia do Norte.

  • Nome: Mark 39
  • País: Estados Unidos
  • Potência: 3,8 megatons

7. B53

A gigantesca bomba B53 - as bombas mais poderosas

Mais uma bomba termonuclear de hidrogênio. A B53 é capaz de gerar uma bola de fogo de 5 km de diâmetro durante sua explosão. Isso é o suficiente para causar ferimentos sérios em pessoas a até 30 km de distância. Ou seja: algo perigoso até mesmo para os pilotos que transportam a bomba.

A B53 possui a característica única de penetração no solo. O objetivo era atingir as bases subterrâneas antibombas que os soviéticos estava construindo durante a Guerra Fria. Durante longos anos, essa foi a bomba mais poderosa já criada pelos Estados Unidos.

  • Nome: B53
  • País: Estados Unidos
  • Potência: 9 megatons

6. Ivy Mike

Explosão da bomba Ivy Mike - as bombas mais poderosas

A Ivy Mike foi a primeira bomba de hidrogênio a ser testada com sucesso. Ela foi detonada no dia 1º de novembro de 1952 no meio do Oceano Pacífico. A explosão abriu uma cratera de 2 km de diâmetro e 55 metros de profundidade. As ondas formadas pelo choque chegaram a 7 metros de altura, destruindo toda a vegetação das ilhas próximas.

A explosão foi tão intensa que lançou pedaços de rochas e corais que estavam a mais de 50 km de distância. Porém, essa bomba não é “muito boa” por ser extremamente pesada. São 82 toneladas. Mas ele é muito poderosa: mais de 700 vezes a potência daquela que explodiu em Hiroshima.

  • Nome: Ivy Mike
  • País: Estados Unidos
  • Potência: 10,4 megatons

5. Castle Bravo

Explosão da bomba Castle Bravo - as bombas mais poderosas

A Castle Bravo foi a bomba termonuclear mais potente já testada pelos Estados Unidos. A sua explosão criou uma nuvem de cogumelo de 40 km de altura e 100 km de diâmetro. Ela é considerada 1.000 vezes mais potente do que aquela que explodiu em Hiroshima.

  • Nome: Castle Bravo
  • País: Estados Unidos
  • Potência: 15 megatons

4. Mark 36

Bomba Mark 36 - as bombas mais poderosas

A Mark 36 é considerada uma bomba de hidrogênio de segunda geração. Ela é muito mais potente do que a Mark 39 que ocupa o 8º lugar da lista. Ela possui um peso reduzido e muito mais potência do que sua antecessora. Em comparação com a bomba de Hiroshima, esse exemplar é considerado mais de 1.400 vezes mais devastadora.

Essa bomba nunca foi testada em sua versão mais potente. Os motivos são óbvios. Ela causaria um estrago sem tamanho, podendo causar prejuízos e danos à saúde de qualquer um que estivesse minimamente próximo ao seu raio de destruição.

  • Nome: Mark 36
  • País: Estados Unidos
  • Potência: 19 megatons

3. Teste 219

A área de teste da bomba conhecida como Teste 219 - as bombas mais poderosas

Depois de tantas bombas norte-americanas, finalmente um exemplar russo em nossa lista. Porém, pouco se sabe sobre aquela que é chamada apenas de Teste 219. Os registros contam que essa bomba teria a potência de 24,4 megatons. Mas devido ao sigilo da Rússia, não há imagens que mostram ela detonando ou os estragos causados por sua explosão.

O que existe são apenas cenas do campo de testes usado pelos russos para avaliar essa bomba. De acordo com os registros históricos, ela foi testada em 1962 na Ilha de Nova Zembla. Ela é considerada a bomba com melhor rendimento da história. O Teste 219 obteve 99% de detonação, sendo o segundo maior teste nuclear da Rússia.

  • Nome: Teste 219
  • País: Rússia
  • Potência: 24,4 megatons

2. B41

A bomba B41, a segunda mais poderosa do mundo - as bombas mais poderosas

A segunda bomba mais poderosa já criada pela humanidade é a B41, também chamada de Mark 41. Ela também é a arma mais potente já desenvolvida pelos Estados Unidos, possuindo nada menos que 25 megatons. Ao todo, 500 dessas bombas foram criadas, mas nenhuma delas jamais foi testada.

Entre os anos 1963 e 1976, toda a sua produção foi descontinuada e os exemplares existentes foram desmantelados. A B41 é uma bomba criada para ter um ótimo rendimento. Sua carcaça possui 3,76 metros, com 1,32 metros de diâmetro. No total, ela pesa nada menos do que 4,850 kg, ou quase 5 toneladas.

  • Nome: B41
  • País: Estados Unidos
  • Potência: 25 megatons

1. TSAR

A TSAR com certeza é a bomba mais potente de todas. Se somarmos todos os explosivos usados durante a Segunda Guerra e multiplicarmos por 10, teríamos a capacidade dessa arma criada pela Rússia. No início, ela deveria ter 100 megatons, mas precisou ter o seu poder diminuído para não afetar o continente e os pilotos que a transportavam.

A bomba TSAR é uma bomba de hidrogênio gigantesca e extremamente pesada. Ela tem 8 metros de comprimento e 27 toneladas de peso. Teoricamente ela não foi desenvolvida para ser usada em batalha, mas como uma propaganda durante a Guerra Fria. E parece ter funcionado. O cogumelo da explosão chegou a alcançar 60 km de altura, com um choque que chegou a dar três voltas na Terra. De acordo com os relatos, danos foram registrados a cerca de 1.000 km de distância.

O gráfico abaixo mostra o potencial da bomba TSAR. Ela é mais de três vezes mais potente que a Castle Bravo e quase 4 mil vezes mais poderosa que a bomba de Hiroshima.

O poder da bomba TSAR - as bombas mais poderosas
  • Nome: TSAR
  • País: Rússia
  • Potência: 50 megatons