TOP 10 Músicas com segredos

28/05/2013

Hoje nós vamos compartilhar com vocês um TOP 10 Músicas com segredos verdadeiros por trás de músicas famosas dos ídolos internacionais que todos conhecem e cantam, e que se prestaram a interpretações errôneas.

Você já se perguntou o que significa a letra de uma determinada música? E se já fizermos essa pergunta milhares de vezes, também milhares de vezes tivemos uma infinidade de interpretações sobre os mais variados temas.

Confira logo a seguir as 10 mais de inúmeras histórias por trás das músicas:

“Louie Louie” – The Kingsmen

Composta por Richard Berry, a versão do The Kingsmen desta canção possuía a voz tão escondida na batida (o que tornava sua letra quase incompreensível), que o desconfiado FBI mandou pesquisar a lírica, pensando que tratava de mensagens anti-estadunidenses. Nada mais distante da realidade, já que “Louie Louie” conta a história de um marinheiro que retorna a sua Jamaica natal para ver a amada.

https://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=JK_KWSEGWp4

“Lola” – The Kinks

A letra sobre a descrição de uma formosa mulher por parte do grande Ray Davies tinha um valor ambíguo, e prestava-se a múltiplas interpretações. A verdadeira história é que Davies se inspirou num incidente que teve seu empresário Robert Wace, que numa noite de bebedeira confundiu um travesti com uma mulher.

https://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=Ixqbc7X2NQY

“One” – U2

De acordo com o que muitos falam, a canção é uma história de um filho dizendo ao pai que é HIV positivo, ou sobre uma visão sobre búfalos, quando em realidade dá conta da relação do próprio Bono Vox com seu progenitor.

“Rainy Day Women 12 & 35” – Bob Dylan

O uso do verbo “stoned” gerou a confusão neste clássico de Dylan. Todos pensavam que “Everybody Must Get Stoned” do estribilho significava “Todo mundo deve drogar-se“, quando o sentido é 100% bíblico: “Todo mundo deve ser apedrejado“, tomado do “Quem nunca cometeu um pecado que atire a primeira pedra“.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=tQzCGdO9yJI

“Alison” – Elvis Costello

Criaram rumores de que esta música do outro famoso Elvis descrevia entre linhas um assassinato, quando em realidade dá conta da traição de uma mulher com um homem.

“Pictures of Lily” – The Who

Por trás de uma doce canção de amor esconde-se a obsessão de um adolescente por uma estrela “pornou”, que o leva a masturbar-se várias vezes por dia pensando nela.

“Lucy in the Sky with Diamonds” – The Beatles

As iniciais do título relacionavam de maneira direta à canção com o LSD. Mas o próprio John Lennon disse que se inspirou num desenho de seu filho Julian, no qual uma amiguinha de colégio (Lucy) estava no céu rodeada de pedras preciosas.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=ZqXmBy1_qOQ

“Polly” – Nirvana

A leitura errônea é a de uma glorificação do ato de violação. A correta é que foi inspirada num caso real de uma garota que quase foi abusada, e que conseguiu escapar do estuprador.

“In The Air Tonight” – Phil Collins

Muitos pensaram que a letra desta música era relacionada com uma pessoa que se estaria se afogando, mas a canção (e todo o disco Face Avalie) descreve o divórcio do líder do último Gênesis.

“Born in the USA” – Bruce Springsteen

Os políticos republicanos nos 80 tomaram este amargo retrato da vida após a guerra de Vietnã como um hino nacionalista, propiciando um eterna confusão.