O que aconteceria se você engatasse a ré com o carro em movimento?

Marcha ré no carro

Para quem gosta, dirigir é uma sensação deliciosa. Ter a liberdade de ir para onde quiser usando um carro potente (ou até mesmo um mais simples) é um dos sentimentos mais agradáveis que existe. E quem pilota (poucos, eu sei) sabe como também é gostoso puxar o freio de mão durante a direção e dar aquele cavalinho de pau levantando muita fumaça.

Mas nós somos curiosos e vamos levantar um questionamento aqui. Você já imaginou o que aconteceria se você engatasse a ré com o carro em movimento? Não estou falando em situações em que o carro está andando um pouco e você precisa manobrar para estacionar. Estou me referindo a um momento em que o carro tem uma velocidade considerável e você simplesmente (em um ato de loucura) engata a ré do veículo?

Não tente isso em casa!

Marcha ré no carro

É lógico que isso é apenas uma curiosidade. E, como muitas por aí, ela não precisa ser testada por ninguém para descobrirmos o que realmente acontece. Portanto, fica a nossa dica (na verdade, um pedido): jamais tente fazer isso em casa! Colocar a marcha em ré com o carro em movimento, embora não tenhamos certeza, pode causar sérios problemas para o veículo, ou pior: causar um acidente gravíssimo envolvendo você e outros carros.

O objetivo desta matéria é apenas levantar esse questionamento. Afinal, é uma dúvida que alguns podem realmente ter e é melhor descobrir o que acontece aqui neste texto do que na vida real. Para sua sorte, encontramos um maluco que já fez isso. E, para seu azar (ou sorte, sei lá), o resultado é surpreendente. Mas antes de revelarmos o resultado, vamos para algumas especulações.

LEIA TAMBÉM  Comic Con - conheça o maior evento da cultura pop

O que poderia acontecer?

Marcha ré no carro

A primeira coisa que podemos dizer é, se você estiver dirigindo e, acidentalmente, acionar a marcha-ré, não entre em pânico. Para que seja possível melhor compreensão, o mecanismo de marcha ré, em qualquer carro com transmissão manual é simples. Ou seja, não estamos falando de veículos automáticos, o que ainda é uma novidade aqui no Brasil.

Basicamente, existe uma árvore que recebe movimento do motor e que possui uma engrenagem usada para a marcha ré. Existe uma outra árvore que aciona as rodas e que também possui uma engrenagem para esse fim. Para fazer a marcha ré, uma terceira engrenagem é literalmente empurrada entre aquelas duas engrenagens, ficando tudo engrenado.

Essa terceira engrenagem faz a árvore que leva movimento às rodas inverter seu sentido de rotação, resultando no veículo dar ré. Com isso, podemos concluir que, uma vez acionada, a ré com o carro em movimento, ela não poderá se posicionar entre as duas engrenagens, fazendo com que uma gire rapidamente em direção contrária a outra. Isso ocasionará em um alto barulho – além do que, você também irá sentir na alavanca do câmbio – arranhando.

Possíveis consequências?

Marcha ré no carro

Que será causado pelos dentes das engrenagens indo um contra o outro. Como não existe a possibilidade de engrenagem da marcha ré, nada grave irá acontecer. O câmbio não irá explodir, nem o carro começara a andar de ré pela rua como nos desenhos animados.

Em teoria, só é possível engatar a ré quando o carro está parado. Porém, alguns modelos possuem sincronizador de marcha ré e é possível engatá-la com o veículo andando para frente, mas em velocidade muito baixa, abaixo de 5 km/h. Acima dessa velocidade o sincronizador não dará conta e haverá o mesmo ruído de arranhar e a ré não se engrenará de modo algum também.

No caso dos carros automáticos, se o veículo estiver em movimento, e você tentar engatar a ré, nada acontecerá. A não ser que esteja em uma velocidade muito baixa, como é o caso da caixa de câmbio manual. Isso acontece porque o sistema interno é programado para evitar esse tipo de incidente.

LEIA TAMBÉM  Técnicas de tortura mais brutais da história

Ficou curioso?

Aposto que você quer saber definitivamente o que acontece se você engatar a ré em um carro em movimento. Então assista ao vídeo abaixo e tenha a sua resposta definitiva.

Compartilhe