Por que os países nórdicos são os mais felizes do mundo

Todos os anos, as Nações Unidas liberam um ranking bastante curioso: uma lista com os países mais felizes do mundo. Trata-se de um relatório anual sobre a felicidade em 155 nações ao redor do globo.

Na edição de 2017, o Brasil ficou na 22ª colocação. No topo da lista, uma sequência de países que não surpreende a ninguém. Na sequência: Noruega, Dinamarca, Islândia, Suíça e Finlândia.

Temos aí praticamente todos os países nórdicos, com exceção da Suécia que ficou em 10º lugar neste ranking – o que não é pouca coisa. Mas afinal, o que acontece nessas nações onde o índice de felicidade é tão alto? Será que há um segredo que o governo dessas nações não compartilha com outros países?

Como é realizado o teste

A pesquisa realizada pelas Nações Unidas, na verdade, é bastante simples. Os pesquisadores apenas fazem o seguinte questionamento para 100 pessoas aleatoriamente selecionadas: “De 0 a 10, qual é o seu grau de satisfação pessoal neste exato momento?”. Simples, rápido e indolor.

A média dessas respostas gera um ranking que determina quais são os países mais felizes do mundo. Porém, outros pontos também são levados em consideração. Aspectos como o PIB per capita, a expectativa de vida, ausência de corrupção no governo, generosidade das pessoas, solidariedade e liberdade pessoal também servem de base para o cálculo da pontuação.

Portanto, é assim que chegamos ao ranking dos 155 países mais felizes do mundo. Porém, um desses aspectos não é mais importante que o outro. Os Estados Unidos, por exemplo, possuem um PIB maior que os países nórdicos, mas está em 14ª colocação – uma posição a menos que no ano anterior. Isso mostra realmente que a Noruega e países vizinhos realmente são os mais felizes.

LEIA TAMBÉM  O sinistro Sino Nazista

No outro lado do ranking, temos os países “menos felizes” da lista: Ruanda (151º lugar), Síria (152º lugar), Tanzânia (153º lugar), Burundi (154º lugar) e República Centro-Africana (155º lugar). E aí, o que você achou dessa pesquisa e seu método de realização? Concordo ou discordo dessa análise? E você realmente acha que os países nórdicos são os mais felizes?