Os 20 super poderes encontrados nos humanos

16. Super Regeneração

regeneracao_musculo

Vittorio Messori é um conhecidíssimo escritor italiano, jornalista e historiador famoso que publicou em 1998 um estudo sobre um fato acontecido em Calanda em 1640. Calanda é um vilarejo de Zaragoza, na Espanha, sem nenhuma significação social.

Foi documentado um caso extraordinário em Calanda 1640, talvez único em toda História: um camponês, que teve uma perna amputada recuperou a mesma da noite para o dia  miraculosamente depois de mais de dois anos. Este acontecimento extraordinário, até então sobrenatural, foi estudado exaustivamente, com todo o rigor científico, por Messori no seu livro “O grande milagre”.

Entre as dez e onze da noite do dia 29 de março de 1640, enquanto Miguel Juan Pellicer (camponês de 23 anos), dormia em sua casa foi-lhe reconstruída  – repentina e definitivamente – a sua perna direita. A perna, feita em pedaços pela roda de um carro e posteriormente gangrenada, foi-lhe amputada no fim de outubro de 1637 (2 anos e 5 meses antes da impressionante “restituição”), no hospital público de Zaragoza. Dois fatos levam a crer que a vítima era portadora de uma avança regeneração celular: o primeiro foi que a perna enterrada não poderia ser a sua nova perna que, segundo diz o povo, foi reimplantada por uma santa,  mesmo após estar despedaçada e enterrada por dois anos e cinco meses e o segundo, foi a recuperação completa, horas após, como se a perna nunca tivesse sido amputada. O médico da época relata que o  fazendeiro não apresentava cicatrizes no corpo, embora trabalhasse na lavoura e com equipamentos cortantes. Outro fato interessante é que o mesmo reclamava de dores constantes na perna, um formigamento, que fazia a perna esquentar. Na noite do ocorrido, ao acordar com nova perna, o fazendeiro notou uma especie de mucosa sobre a pele que constituia esse pedaço da perna . Vittori acredita na hipotese da Santa e o milagre, contudo durante o periodo em que investigou para escrever o seu livro, teve uma discussão com cientistas, que apresentaram uma suposição do que poderia ter ocorrido: já foi detectado, embora raramente e em pequena escala no organismo humano, uma reação semelhante a regeneração da salamandra, onde uma proteína chamada nAG é secretada por células nervosas e da pele,  iniciando a produção de uma massa de células imaturas, o blastema, que regenera a parte perdida. O tempo de regeneração das salamandras varia com o dano. Nos humanos portadores dessa habilidade em menor intensidade também foi detectado um período para iniciar a atividade regerativa, porém nunca alcançaram o patamar de recuperar uma perna, no máximo, uma falange do dedo. Entretanto, o fazendeiro parecia possuir o incrível poder da super regeneração e por algum motivo atingiu o ápice aquela noite, levando o organismo a produção em massa de uma proteína que tem função semelhante a nAG. O acontecimento até hoje é tido como milagre da Nossa Senhora do Pilar.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21