Essas lendas urbanas vão te surpreender – parte 9

Lendas Urbanas

Estamos quase chegando ao fim da nossa grande sequência de lendas urbanas. É lógico que jamais vamos parar de falar sobre esse assunto, mas queremos reviver cada vez mais essas histórias macabras e às vezes aterrorizantes. Como de costume, prepare-se para conhecer essas 5 lendas urbanas e se surpreender com esses mistérios ainda não resolvidos.

1. Google e a Onisciência

Lendas Urbanas

No início um comportamento, em seguida uma lenda urbana. Uma notícia divulgada em 2006 dizia que o Google havia atingido a marca de 800TB em base de dados. Alguém muito desinformado, decidiu então espalhar um email com uma notícia falsa, onde um especialista phD de Cambridge (em alguns emails Harvard) havia correlacionado o tamanho do Google com o total do conhecimento humano gerado até 2005 e concluiu que o Google guardava todo esse conhecimento. Assim sendo, se existisse, o Google encontraria.

O boato que tomou a rede é presente até hoje e pode ser visto em diversos fóruns e sites pela Web. Foi altamente benéfico para empresa já que o impacto nas pessoas refletia num aumento significativo de confiança depositada no site. Apesar da ideia ser absurda, ganhou adeptos e lançou aquela frase que você já deve ter lido em algum lugar: “Se você não está no Google, você não existe”.

2. Tatuagens de LSD

Lendas Urbanas

Diz a lenda que houve uma apreensão nos EUA, em 1980, de 4 mil cartelas de ácido lisérgico com a cara de Mickey Mouse, a história diz que traficantes vendiam transfers com desenhos infantis nas portas das escolas – mas as figuras viriam, digamos, “batizadas”. Assim, as crianças se tornariam viciadas e passariam a comprar mais tatuagens. Lembra a história do pipoqueiro?

LEIA TAMBÉM  A história por trás da lendária Fênix

3. Final do desenho “Caverna do Dragão”

Lendas Urbanas

Todos já ouviram falar no desenho caverna do Dragão que era exibido na Globo. Todos sabem como eles vão parar nesse mundo. Eles entram em uma Montanha-Russa e que na verdade era um Portal. Mas mundo dos desenhos animados pode se ter de tudo. ANDOU circulando na internet sobre o último episódio, trigésimo da saga. Na verdade Caverna Do Dragão não teve nem 30 episódios, foram 27 de 83 a 86.

Um rumor de que o último episódio da série teria sido vetado por sua assombrosa revelação: na verdade, os personagens do desenho já estariam mortos desde o primeiro episódio, devido a um acidente no carrinho de montanha-russa no qual embarcaram. Os meninos teriam sido mandados ao inferno, sendo o Mestre dos Magos e o Vingador, as duas faces de um mesmo ser demoníaco, capaz de oferecer esperança e temor em um processo de crescente agonia psicológica. O boato ainda afirma que o dócil unicórnio Uni seria um agente espião, eventualmente responsável por impedir os meninos de regressar ao seu mundo.

De tão famoso, o boato pôs em evidência os criadores da série, entre eles o roteirista Mark Evanier: “Isto é totalmente falso! Apesar de vários possíveis finais terem sido discutidos, nenhum último episódio foi produzido de fato”.

Mentira?

Outro escritor, Michael Reaves, roteirista de sete episódios, complementa:

“Caverna do Dragão foi um desenho altamente sombrio para a sua época – tanto quanto é Gárgulas nos anos 90. Nós o levamos o mais distante que era possível para um programa infantil”. (…) “Os garotos não ficaram presos no inferno, nem o Mestre dos Magos é o demônio ou coisa parecida. Essa história toda é absurda”.

LEIA TAMBÉM  Entenda o que é a Deep Web e quais são os riscos de acessá-la

Michael Reaves foi o escritor daquele que, ao menos em script, é o final oficial das aventuras de Caverna do Dragão, tendo sido concebido antes mesmo do cancelamento da série.

4. Os sanduíches do McDonald’s seriam feitos de carne de minhoca

Lendas Urbanas

Segundo a lenda, o Big Mac, grande sucesso de vendas da McDonald’s, seria recheado com carne de minhoca. Ainda segundo essa lenda o governo americano em acordo com a rede de fast food incentivou a alimentação por carne de minhoca. Como se sabe este tipo de carne é muito mais nutritiva e saudável do que a bovina. Lógico que nenhum americano temente a Deus experimentaria uma iguaria composta de carne de minhoca. Mas o que os olhos não veem o estômago não sente. Isso tudo começou ainda no início da década de 70.

O boato foi divulgado em uma grande rede de televisão americana e acarretou prejuízos imediatos a maior rede de fast food do mundo. O impacto sobre a marca foi tão grande que o McDonald’s sofreu na época uma redução de 30% em suas vendas. Claro que a McDonald’s se defende, dizendo que tudo não passa de invenção das mentes maldosas.

5. Paul McCartney morreu em 1966 e foi substituído por um sósia

Lendas Urbanas

Em 1966, logo após o lançamento de Revolver, os Beatles pararam de excursionar em virtude da dificuldade de tocar ao vivo os arranjos cada vez mais complexos e inusitados. Este fato aliado a um acidente de moto sem maiores consequências sofrido por Paul McCartney deu origem ao maior e mais duradouro boato de todos os tempos, o de que Paul McCartney havia morrido e sido substituído por um sósia.

Centenas de matérias em jornais e mesmo livros foram lançados sustentando a morte de Paul. As pessoas que acreditavam nisto se baseavam em centenas de pistas que haveriam sido deixadas de propósito pelos três Beatles restantes nas gravações e filmes posteriores da banda.