Duro na queda: 10 vezes que tentaram matar Adolf Hitler e ele sobreviveu

13/06/2017

9. Quase morte de Hitler

Em 20 de julho de 1944, o conde Stauffenberg chegou o mais próximo que alguém já esteve de matar Hitler. Ele teve a oportunidade de entrar na Toca do Lobo, a sala de conferências top secret do Führer, onde Hitler conspirou com seus homens de confiança. O conde estava indo lá para usar essa oportunidade para trazer um fim para a Segunda Guerra Mundial.

Lá, ele trouxe uma maleta cheia de explosivos com e sorrateiramente foi para uma sala para definir os fusíveis. Ele só conseguiu acender um, porém, antes de um guarda bater na porta e dizer que Hitler estava esperando por ele. Stauffenberg se preparou com apenas uma bomba e esperou que isso fosse o suficiente para tirar a vida Hitler.

Ele se dirigiu para a sala de conferência com sua bomba na pasta e deslizou-a sob a mesa de conferência, tentando empurrá-lo o mais perto de Hitler possível. Então, ele pediu licença, saiu, e esperou a explosão.

A bomba explodiu. Quatro pessoas morreram, mas com apenas um pavio aceso, não foi forte o suficiente para acabar com Hitler. O Führer saiu com apenas algumas lesões e Stauffenberg foi capturado e morto.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11