22 Melhores e mais letais Forças Especiais e Comandos do Mundo

16/09/2019

10. KSK

As forcas especiais mais letais

Apresento-vos o Kommando SpezialKräfte (KSK) é uma unidade de operações especiais do Exército alemão. Criado entre 1994 e 1995, aproximadamente 20 soldados foram treinados no outono de 1996, e a unidade estava completamente operacional em abril de 1997. De acordo com relatórios, o impacto de ver 11 cidadãos alemães serem salvos por forças estrangeiras (pára-quedistas belgas e franceses) em Ruanda em 1994, porque não havia nenhuma unidade alemã capaz de realizar tal operação foi o principal fator para se criar o KSK. Para completar o seu efetivo foi retirada uma companhia de comando de cada uma das três Brigadas Aerotransportadas, juntamente com o reforço das 2 Companhias de Reconhecimento de Longo Alcance (a 3ª foi desmobilizada). A unidade planeia estar completamente operacional quanto atingir a dotação de 1.000 operadores completamente treinados. O KSK é moldado de acordo com o SAS. Apesar de sua capacidade resgate de reféns o KSK é uma unidade militar, com missões militares, e não outra GSG-9. O KSK poderá ser enviado para onde o GSG-9 não pode (pelo menos oficialmente), como já aconteceu no passado (o resgate de um avião da Lufthansa no Aeroporto de Mogadishu, Somália em outubro de 1977, por exemplo). Mesmo assim o KSK mantém uma equipa de Resgate de reféns pronta para auxiliar a polícia alemã sempre que necessário.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22