10 guerras que os Estados Unidos não precisariam ter participado

23/06/2017

6. Operação Just Cause no Panamá, 1989-1990

As tensões entre Manuel Noriega, o líder militar do Panamá, e os Estados Unidos deterioraram-se ao longo da década de 1980. O governo dos EUA acusou Noriega de ajudar traficantes de drogas em troca de propinas. O golpe final veio em dezembro de 1989, quando forças paramilitares de Noriega, guardando um posto de controle, dispararam contra um grupo de oficiais norte-americanos estacionados na Zona do Canal do Panamá, matando um deles.

Em retaliação, o presidente George W. Bush ordenou a invasão do Panamá, que rapidamente neutralizou a força militar de Noriega. Sem nenhuma de suas vias de fuga, Noriega fugiu para a embaixada do Vaticano na Cidade do Panamá. Tropas dos EUA responderam explodindo a embaixada, e Noriega rendeu-se duas semanas depois.

A intervenção foi extremamente popular, tanto no Congresso e entre o público em geral. A Operação Just Cause foi concluída em apenas 42 dias, o presidente Bush não extrapolou a regra dos 60 dias estabelecida pela Lei de Poderes de Guerra e nunca teve que obter uma autorização formal do Congresso.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11