Ressaca: por que alguns esquecem tudo depois de beber?

Perder a memória ou esquecer alguns fatos depois de encher a cara com bebida alcoólica. Essa é uma situação bastante familiar para quem costuma se entregar para a bebedeira. Embora esse possa ser apenas o começo de problemas grave, como a dependência alcoólica e muitos outros, trata-se de algo que muitas pessoas enfrentam. Afinal, por que isso acontece?

Pode variar

Para entender por que alguns perdem a memória depois de uma sessão de bebedeira, pesquisadores estudaram o comportamento de 24 pessoas – 12 homens e 12 mulheres. Desses, metade relatou passar por essa situação depois de consumir grandes quantidades de álcool.

Entretanto, segundo o estudo que foi publicado na revista médica “Alcoholism: Clinical & Experimental Research”, não importa tanto a quantidade de álcool ingerida. A perda de memória relacionada à bebida pode acontecer até mesmo com aqueles que costumam maneirar no consumo. Sabe o que isso significa? Esse efeito colateral pode variar de pessoa para pessoa.

Caso você esteja curioso para saber como esse estudo funcionou, nós explicados: os pesquisadores mapearam diversas áreas do cérebro antes, durante e depois do consumo de bebidas alcóolicas. A conclusão do estudo é que dependendo do padrão do fluxo sanguíneo e da atividade dos neurônios, algumas pessoas podem apresentar maior propensão a sofrer de perda de memória após a bebedeira.

Cuidados

A autora do estudo, Reagan Wetherill, da Universidade da Califórnia, em San Diego (EUA), conta que “só porque seu amigo consegue ingerir uma certa quantidade de bebidas, e, aparentemente, continuar se comportado bem, não quer dizer que você ou qualquer outra pessoa consiga”.

O estudo também um alerta para os jovens, que são considerados mais propensos a sofrer essa consequência da bebida alcóolica. Segundo a pesquisa, cerca de 40% dos estudantes universitários relatam a perda de memória quando bebem e até se expõem a riscos maiores como dirigir e fazer sexo sem a devida proteção.

LEIA TAMBÉM  6 questões enfrentadas pela nossa juventude de hoje

Portanto, fica o alerta para todos, especialmente os mais jovens: mesmo que você não esteja exagerando na bebida, a perda de memória pode ser um efeito colateral da ingestão de álcool. Beba moderadamente e não dirija após ingerir bebidas alcoólicas.