Você sabe por que seus dedos ficam enrugados depois da piscina?

Pele enrugada durante o banho - por que isso acontece?

Quando você fica muito tempo no banho ou na piscina, deve ter reparado um fenômeno curioso que acontece na pele. As pontas dos dedos, tanto dos pés quanto das mãos, começam a ficar enrugados, parecendo a pele de um velhinho. Você já parou para pensar porque isso acontece? Por que ficamos com a pele enrugada durante o banho ou quando ficamos em contato com a água por um longo período de tempo?

Alguns pais cruéis usam essa resposta do corpo humano como um argumento para filhos desobedientes. Eles dizem: “Não fique muito tempo no banho porque se não sua pele vai ficar enrugada”. Ou falam: “Você não pode ir à piscina porque se não sua pele vai murchar”. Frases como essas são assustam as crianças e acabam criando um mito ao redor de algo tão simples. Mas afinal, por que a pele fica enrugada durante o banho ou na piscina?

Resposta do corpo humano

Pele enrugada durante o banho - por que isso acontece?

A primeira explicação para esse fenômeno é científica. Afinal, a pele enrugada durante o banho não é praga jogada pelos pais. Como muitos devem saber, a pele é o maior órgão do corpo humano. Por não saberem isso, alguns acabam não dando muito importância para os cuidados que o nosso tecido mais externo merece. A sua função destaca seu valor: a proteção contra agentes agressores e até a ação de bactérias e outros organismos.

Por causa disso, a pele é um órgão muito ativo e que passa por uma renovação constante. Ela pode ser dividida basicamente em três camadas diferentes, a epiderme, a derme e a hipoderme. A epiderme, a parte mais externa, possui a queratina, uma proteína que encontramos em outras estruturas do corpo, como unhas e cabelos. Esse composto é o responsável por nos proteger da desidratação.

LEIA TAMBÉM  Um mergulho por 12 piscinas incríveis ao redor do mundo

A ocorrência de queratina é mais acentuada em partes constantemente usadas no corpo humano. Esse é o caso das mãos e dos pés, que possui uma espécie de camada extra de células mortas. Por isso, quando entramos em contato com a água, a queratina em excesso absorve água e tende a se expandir. Como isso não acontece com as outras camadas (derme e hipoderme), a epiderme fica enrugada para aumentar a sua área, sendo capaz de comportar toda a água absorvida sem precisar esticar.

Culpa da evolução

Explicação científica do por que ficamos com a pele enrugada durante o banho

Porém, além do fator científico, pesquisadores acabaram encontrando um argumento evolutivo para explicar a pele enrugada durante o banho. Isso só foi possível graças a um experimento nada convencional. O estudo foi realizado na Universidade de Newcastle, no norte da Inglaterra. Lá, cientistas decidiram investigar porque isso acontece na superfície dos dedos.

O experimento é bem simples de entender. Havia dois grupos de pessoas: um com a pele enrugada depois de passar um longo período de tempo em contato com a água e outra cujos dedos estavam “normais”. Os pesquisadores pediram para que os voluntários pegassem algumas bolinhas de gude imersas em um balde de água com a mão e tentassem passa-los por uma pequena abertura para a outra mão, colocando-as do outro lado em um recipiente.

O que os cientistas descobriram é que o grupo que estava com a pele enrugada conseguiu fazer isso com um tempo menor do que os voluntários que estavam com a pele lisa. Impressionante, não é mesmo? Como resultado, o estudo sugeriu que os dedos enrugados são uma resposta evolutiva do corpo para facilitar o manuseio de objetos úmidos ou com superfícies molhadas. Isso com certeza teria sido uma vantagem para os primeiros humanos com estes procuravam alimentos na natureza.

Pele enrugada durante o banho: alguns mitos

Pele enrugada durante o banho - por que isso acontece?

Como diversos mistérios que nos cercam (mesmo aqueles com uma explicação científica), sempre há uma série de mitos que surgem para tentar rebatê-los. No caso da pele enrugada durante o banho, alguns até mesmo acreditam que isso pode fazer mal para a pele. Na realidade, é importante destacar que essa é uma resposta automática do corpo humano e não está comprovado que isso pode gerar um malefício em longo prazo.

LEIA TAMBÉM  As 10 raças de cães mais inteligentes

Na verdade, a ocorrência desse fenômeno indica que seu organismo está reagindo corretamente diante de determinada situação. Se a sua pele não ficasse enrugada depois de um longo período de exposição em água, aí sim você teria motivos para ficar preocupado. Uma prova de que esse mecanismo favoreceu o ser humano no passado é o fato de que até mesmo primatas possuírem essa característica.

Alguns cientistas até mesmo argumentam que a pele enrugada tenha ajudado o ser humano a caminhar usando apenas os pés. Quando esse mecanismo está ativo, tem-se uma maior superfície de contato com o chão, o que pode ter favorecido a aderência em lugares úmidos e molhados. Contudo, para alguns pesquisadores, a ajuda na coleta do alimento deve ter sido decisivo para selecionar essa característica a ser passada para as próximas gerações.

Não tenha medo

Pele enrugada durante o banho - por que isso acontece?

Portanto, não precisa ter medo. Se a sua pele fica enrugada durante o banho ou depois de longos períodos na piscina, significa que seu organismo está funcionando muito bem. Mas não fique preocupado se ela também não reage dessa maneira. A nossa recomendação é procurar um dermatologista e entender as especificidades da sua pele.

Porém, com essa explicação, você já pode responder os seus pais: não, ficar muito tempo em contato com a água não vai te deixar com rugas permanentes. Mas desobedecer a seus responsáveis pode acarretar consequências muito piores do que uma pele temporariamente enrugada. Portanto, obedeçam a eles!